A Melhor Hamburgueria da Cidade

A Melhor Hamburgueria da Cidade
Let's Eat Indaiatuba - (19) 2516-0803

sábado, 14 de julho de 2018

SESI Indaiatuba e OSC GABRIEL assinam parceria para projeto voltado aos deficientes visuais da cidade

No próximo dia 19 de julho às 10h a OSC GABRIEL e o SESI Indaiatuba firmarão um Termo de Parceria em Qualidade de Vida para início das aulas de Taekwondo para Deficientes Visuais, a partir de agosto. O time, formado por alunos de Orientação e Mobilidade do projeto Olhos do Coração dos Amigos dos Deficientes Visuais de Indaiatuba, foi batizado de “Tigres de Bengala” pelo seu mestre, Professor Fábio Antonio Ferreira da Silva, que iniciou o trabalho como voluntário do projeto no ano passado, a convite da professora e Terapeuta Ocupacional Carolina Camargo, contratada pela OSC GABRIEL para iniciar as aulas de Orientação e Mobilidade do projeto. O curso de Orientação e Mobilidade para Deficientes Visuais foi ganhador do Prêmio VW na Comunidade 2017 e recebeu um aporte financeiro de R$ 40.000,00 da Fundação Volkswagen que foi aplicado no período de outubro de 2017 a maio de 2018. O objetivo das aulas é sistematizar o método de Taekwondo para múltiplas deficiências e analisar os benefícios desta aprendizagem no seu desenvolvimento como um todo. A prática irá ajudar o deficiente visual, seja de baixa visão ou cegueira, por meio de exercícios físicos que irão ajudar no seu dia a dia, melhorando postura, equilíbrio, noção corporal e espacial, locomoção, expressividade, autoestima e confiança, além de serem excelente para o corpo e para a mente. Atualmente cerca de 10 deficientes visuais estão participando gratuitamente dessa prática de arte marcial coreana e já apresentam melhoras consideráveis em vários aspectos. O Rotary Club de Indaiatuba também apoia o grupo e doou parte do material necessário para a prática, sendo dez Doboks (uniformes), dois pares de raquetes duplas e dois aparadores de chute. O professor Fábio Antonio Ferreira da Silva é praticante de Taekwondo há 20 anos, é Faixa Preta 1º Dan pela Federação do Estado de São Paulo de Taekwondo, Faixa Preta internacional 1º Dan pelo o Exército da Coreia do Sul – Universidade Kukkiwon e formado em parataekwondo pela Confederação Brasileira de Parataekwondo pelo Comitê Paraolímpico Brasileiro. Desenvolve, estuda e pratica o Taekwondo Adaptado para Deficientes há 10 anos. O projeto está em busca de apoiadores e patrocinadores. Os interessados podem entrar em contato com a organização pelo telefone 19 3801-2047.

Nenhum comentário:

Postar um comentário