quarta-feira, 8 de julho de 2020

Parque Mall recebe nova agência do Sicoob Indaiatuba


A nova agência do Sicoob em Indaiatuba já entrou em funcionamento no Parque Mall. O maior sistema financeiro cooperativo do Brasil está presente em 25 estados e no Distrito Federal, e agora complementa a cartela de serviços e conveniências oferecidas pelo shopping.
O horário de atendimento ao público (temporariamente) é das 10h às 14h, de segunda a sexta-feira, seguindo as orientações da Febraban (Federação Brasileira de Bancos). A agência conta ainda com atendimento preferencial reservado a pessoas com deficiência, gestantes, idosos e grupo de risco da Covid-19, das 9h às 10h.
No Parque Mall, o Sistema de Cooperativas de Crédito implantou um espaço moderno, projetado para oferecer um atendimento diferenciado aos associados, através de uma equipe experiente. Segundo o Sicoob, o Parque Mall foi escolhido por estar próximo ao Parque Ecológico – o cartão postal de Indaiatuba.
Na agência do Parque Mall são oferecidos serviços financeiros práticos e modernos, como: conta corrente, crédito, investimento, cartões, previdência, consórcio, seguros, cobrança e muito mais – com taxas justas, tarifas reduzidas e remuneração dos investimentos competitivas no mercado
O Sicoob explica ainda que quem se associa é mais que um cliente, é um cooperado e participa das decisões e dos resultados financeiros em um sistema administrado democraticamente – resultados que também são reinvestidos no desenvolvimento regional, em um círculo virtuoso de prosperidade cooperativa. 
Para a coordenadora de Marketing do Parque Mall, Cinthia Oliveira, a agência do Sicoob reforça o compromisso do shopping em oferecer soluções à população de Indaiatuba. “Reunimos um mix de serviços importantes, para os clientes resolverem questões burocráticas de maneira facilitada”, diz. “A agência ficou linda e oferece muitas vantagens aos cooperados.”
Para mais informações, acesse: http://www.sicoobcredsaopaulo.coop.br 
Cuidados
Todos os cuidados são tomados pelo Sicoob e os ambientes e superfícies de toque são higienizados várias vezes ao dia. Assim como ocorre no Parque Mall, não é permitido entrar na agência sem o uso de máscara e o atendimento está limitado a cinco cooperados por vez. A unidade ainda possui totem com álcool em gel para higienização das mãos. O Parque Mall realiza a medição da temperatura de todos as pessoas que acessam o shopping. 
Horários
Lembramos que o Parque Mall funciona de segunda à sexta-feira, das 10h às 14h, e aos sábados das 9h às 13h, com fechamento aos domingos e feriados – neste período em que nos encontramos na fase laranja do Plano São Paulo de Retomada.
O 1º Tabelião de Notas e de Protesto de Letras e Títulos de Indaiatuba – Cartório Mesquita, funciona de segunda a sexta-feira das 9h às 15h; o Oficial de Registro de Imóveis, Títulos e Documentos e Civil de Pessoa Jurídica da Comarca de Indaiatuba de segunda a sexta-feira das 9h às 12h; e a Lotérica Lotoprêmio de segunda a sexta-feira das 9h às 17h e aos sábados até as 12h.
Agência Sicoob
- De segunda a sexta-feira, 10h às 14h. Atendimento preferencial reservado a pessoas com deficiência, gestantes, idosos e grupo de risco da Covid-19, das 9h às 10h.
Endereço: Rua das Primaveras, 1.050.
Estacionamento: R$ 5 – período de três horas iniciais/R$ 2 – a cada hora
adicional.

terça-feira, 7 de julho de 2020

Abertura da Palestra Institucional CREA


LIVE – COMITÊ DE BACIAS HIDROGRÁFICAS DIA 07/07 ÀS 20H

A AEAI está passando para Divulgar uma LIVE que será hoje às 20h!! ótima terça-feira!
https://aeamarilia.com.br/comite-de-bacias-hidrograficas/

Campanha #JuntosPeloCinema une setor e lança site e primeiro vídeo, enquanto as salas ainda estão fechadas



Pela primeira vez no mercado brasileiro, exibidores, distribuidores, produtores, criativos e parceiros da indústria estão envolvidos em um projeto único com o intuito de preparar e implementar a retomada do cinema no Brasil, num movimento chamado  #JuntosPeloCinema. É uma ação inédita que, respeitando a individualidade de cada empresa e mantendo a livre concorrência, busca ações para manter acesa a magia do cinema. Trabalhando desde final de março, o grupo de profissionais voluntários envolvidos no projeto tem como meta retomar o diálogo entre a experiência da sala de cinema e o público, de agora até o momento de reabertura das salas pelas autoridades, respeitando os protocolos aplicáveis de segurança e bem-estar já determinados ou em elaboração pelos governos locais.
A ideia nasceu dos profissionais que atuam no meio audiovisual visando auxiliar o segmento de mercado de exibição no Brasil a reencontrar seu público. As ações concretas são mediadas pela Flix Media, empresa especializada em comercialização de espaços publicitários no cinema. Conforme o time da Flix comunicava a ideia da campanha #JuntosPeloCinema, diferentes profissionais e players aderiram ao projeto. Neste momento o que importa é uma coisa: relembrar a experiência incomparável da exibição nas salas de cinema. Esse esforço coletivo e pro bono de mais de 200 profissionais do mercado em prol do cinema é fundado no propósito de oferecer um ambiente de segurança e bem-estar para o público e de preservar milhares de empregos ligados à indústria cinematográfica, do set de filmagem à sala de exibição.
Como resultado, o movimento faz grandes entregas: uma campanha de comunicação que visa fortalecer o vínculo entre o cinema e o seu público. Um estudo sobre os protocolos de segurança e bem-estar desenvolvidos por governos e autoridades de saúde dá apoio, especialmente, aos pequenos e médios exibidores para que possam reabrir as salas com pleno atendimento às diretrizes de biossegurança que são determinadas pelos governos. E o Festival De Volta Para O Cinema, que dará as boas-vindas para o público quando as salas reabrirem.
Na primeira fase da campanha – ainda com as salas sem atividades de exibição -, mais de 300 veículos de mídia abrem espaço em suas programações para divulgar um vídeo que reforça os laços do público com o cinema. O vídeo, concebido pela agência e produtora La Unión, estreia hoje, assista aqui. A campanha se inicia agora e segue pelas próximas semanas. Para download da logo do movimento, clique aqui. Para acessar o site do movimento: https://www.juntospelocinema.com.br/.
Na segunda fase, um pouco antes da data de reabertura das salas ao público – que é determinada pelas autoridades -, se inicia a comunicação sobre os novos procedimentos que acompanham toda a jornada do espectador dentro do cinema. Serão oferecidos aos exibidores materiais que explicam os protocolos elaborados pelos governos locais - eles variam de cidade para cidade ou de estado para estado. Para esta etapa, tem sido fundamental a participação de entidades do setor como a Federação Nacional das Empresas Exibidoras de Cinema (Feneec), os sindicatos estaduais, seus associados e a Associação Brasileira de Multiplex (Abraplex). Eles acompanham a divulgação das diretrizes das autoridades competentes e estão orientando a aplicação dos protocolos.
E quando as salas de cinemas abrirem? O movimento #JuntosPeloCinema ainda irá ajudar a esclarecer as possíveis dúvidas dos espectadores, comunicará os filmes em cartaz ou a estrear; e oferecerá um conteúdo muito especial: o Festival De Volta para o Cinema, idealizado pelo crítico, curador e apresentador Érico Borgo em parceria com distribuidores e exibidores, um projeto único na história do nosso cinema.
O Festival está programado para estrear junto com a reabertura das salas. Distribuidores nacionais e estrangeiros conseguiram os direitos e as cópias digitais de filmes que emocionaram os brasileiros. São clássicos, sucessos de bilheteria e crítica que integrarão com as estreias a programação de filmes nas duas primeiras semanas após a abertura. Uma pesquisa de opinião realizada pelo movimento apontou o interesse do moviegoer em rever filmes que marcaram a história do cinema.
Entre os parceiros que estão abrindo espaço para a divulgação dos materiais estão AdoroCinema, Adsmovil, AXN, Buzzfeed, Canal Brasil, Canal Like, Cineclick, Cinepop, Elemídia, Eletromídia, Facebook, Flix Media, Folha de S. Paulo, FSign, Gameloft, Globo através da Globo Filmes, Google, Ingresso.com, JCDecaux, Megapix, MPV7, O Globo, Omelete, OTIMA, Portal Hugo Gloss, Preshow, Prime Pass, Rádio JB FM, Rádio Metropolitana, Rede Mix de Rádio, RedeTV!, SBT, Seedtag, Sony Channel, Spotify, Tastemade, Telecine, TV BANDEIRANTES, UOL, Veja Rio, Veja São Paulo, Velox Tickets, Viacom/CBS, Waze, Webedia.   
Depoimentos:
“#Juntospelocinema. Um movimento de união de todo mercado, inédito, colaborativo e fundamental para garantir a volta da magia do cinema às nossas vidas, de maneira organizada e segura. Acreditamos na experiência irreplicável e transformadora que vivemos nos cinemas, nos unimos em torno disto.”
Adriana Cacace, diretora geral da Flix Media Latam

“Cada ida ao cinema é um evento. A sala escura, a tela grande, o som fazendo estremecer a cadeira... No cinema, você não só assiste ao filme, você o vivencia. O movimento #JuntosPeloCinema quer garantir que essa experiência única retorne com conforto e segurança para a vida do público.”
André Sala, diretor geral da Sony Pictures Brasil e VP sênior de distribuição na América Latina

“No escurinho do cinema,
O coração dispara, quando pega na mão.
Quase explode, no primeiro beijo,
No escurinho do cinema.
Lágrimas rolam, emoção desenfreada.
Doces lembranças,
Do fundo do coração.
Volta cinema.”
Caio Silva, Diretor da Abraplex

“A Paramount Pictures acredita na experiência do cinema e orgulha-se em fazer parte desta iniciativa de todo o mercado para uma retomada de atividades segura e responsável. O cinema faz parte da nossa vida, tem um papel importante na nossa cultura e assim como nós vai se adaptar aos novos tempos, cumprindo o seu papel de trazer informação, emoção e esperança para seus espectadores.”
Cesar Silva, VP & Diretor Geral da Paramount Pictures Brasil

“O cinema sempre fez parte da minha vida - e no âmbito profissional foi graças a essa paixão que consegui muito do que conquistei. Fazer parte desse movimento único na história, o #JuntosPeloCinema, e auxiliar no retorno do público a essa experiência sem igual através do Festival De Volta Para o Cinema é uma honra que carregarei para sempre.”
Érico Borgo, crítico, curador e apresentador

“Acreditamos que a experiência do cinema é única e insuperável. Estamos vivendo um período único na História, mas acreditamos que o papel social dessa experiência será ainda mais relevante. Como empresa atuante principalmente na produção nacional, nossos projetos são desenvolvidos por centenas de mãos trabalhadoras e dedicadas em transmitir nossa cultura para as grandes telas do mundo inteiro. Essa campanha mostra a força e união do nosso setor e é um enorme orgulho fazer parte dela.”
Gabriel Gurman, CEO da Galeria Distribuidora     
“Na Warner Bros. Pictures, nós acreditamos no poder das histórias, e não há lugar melhor para contá-las do que nos cinemas. Estamos muito orgulhosos em participar do projeto #JuntosPeloCinema, para que a magia do cinema finalmente retorne e continue a encantar todos os brasileiros, como fazemos há quase 100 anos.” 
Hernán Viviano, Diretor Geral da Warner Bros. Pictures Brasil
“O Sindicato das Empresas Exibidoras Cinematográficas do Estado do Rio de Janeiro está empenhado em unir e fortalecer o mercado, de modo a concretizar um projeto de reabertura das salas que seja sólido, seguro e promissor. A experiência dentro de um cinema é única graças à tela grande e à magia proporcionada por filmes criados especialmente para este momento. Ele é e sempre será o local onde os sonhos se tornam realidade.”
Gilberto Leal, Presidente do Sindicato das Empresas Exibidoras Cinematográficas do Estado do Rio de Janeiro
“A Paris Filmes estará sempre ao lado do cinema, com a qualidade da imagem nas telas grandes e o som imersivo e se orgulha em fazer parte desta iniciativa da união de todo o mercado cinematográfico em parceria com outros grandes profissionais, para uma retomada com segurança, a fim de receber muito bem nossos espectadores, e voltar a encantar, divertir e emocionar a todos com a experiência única do cinema”.
Jorge Assumpção, diretor da Divisão de Cinema da Paris Filmes

“Acreditamos desde o início na iniciativa. Apenas em uma sala de cinema se vive a experiência do cinema, é hora de começarmos a voltar com muita segurança e a Campanha e o Festival terão um papel importante nessa retomada.”
Juliano Russo, diretor de Marketing, Comercial e A&B da Cinépolis

“A UCI Cinemas tem seus clientes como foco principal e, em primeiro lugar, preza por sua saúde. Em todo o país, estamos trabalhando para garantir a reabertura das nossas salas de cinema e voltar a proporcionar ao público a experiência única que é assistir aos filmes e as grandes estreias na tela gigante, com a maior segurança possível.”
Monica Portella, diretora de marketing UCI Cinemas.

“O Kinoplex acredita no cinema há mais de cem anos e estamos seguros de que a união de nossa indústria, que constrói tantas histórias e ilumina a vida do seu público, vai nos permitir ultrapassar mais esse desafio. Com muita segurança e responsabilidade, estaremos prontos para receber nosso público, que de frente à tela gigante poderá viajar por universos repletos de aventura, magia e emoção, algo que só o cinema pode proporcionar.”
Patrícia Cotta, Gerente Nacional de Marketing da Kinoplex

O amor pelo cinema juntou pela primeira vez os protagonistas da distribuição, da exibição e de conteúdo, brilhantemente conectados pela Flix Media e agências que doaram seu tempo e talento para a concepção e planejamento do movimento e campanha para reabertura dos cinemas da melhor forma possível. Evoluímos como indústria, como profissionais e reafirmamos que o cinema é uma experiência única, inigualável e Universal!
Patricia Kamitsuji, Diretora Geral da Universal Pictures no Brasil

“Tão inédito quanto o momento que passamos, é o movimento de união e convergência dos agentes do setor, visando à retomada de suas atividades. O cinema é uma arte que encanta, emociona, diverte e educa há mais de cem anos, sendo imprescindível e insubstituível como prática social e de cidadania.”
Paulo Celso Lui, Presidente do Sindicato das Empresas Exibidoras Cinematográficas no Estado de São Paulo

“É em momentos tão difíceis como o que estamos vivenciando que percebemos a força e a união do nosso setor para a superação dos grandes obstáculos. Estamos ansiosos para voltarmos a proporcionar a magia do cinema aos nossos espectadores, e estamos trabalhando para que isto ocorra com a maior brevidade possível. As pessoas estão querendo muito retornar aos pequenos prazeres da vida, à confraternização com os amigos, o barzinho de chope, o jogo do time do seu coração e aquele cineminha com uma gostosa pipoca. Curtir a vida como antes – Breve em um cinema perto de você.”
Ricardo Difini Leite, Presidente da FENEEC (Federação Nacional das Empresas Exibidoras)
“Nós da Cinesystem, temos o maior orgulho de participar ativamente deste projeto de retomada, que será um marco no segmento de cinemas. Estamos vendo a sinergia, a riqueza de ideias e o trabalho altamente qualificado vindo de diversos profissionais do setor, de uma forma única e emocionante. Em breve, a magia do cinema vai voltar em grande estilo e o consumidor vai vivenciar a Experiência que só o cinema proporciona." 
Sherlon Adley, Diretor Comercial & Marketing da Cinesystem

“Dá um enorme orgulho trabalhar ao lado de tantos colegas de indústria com um objetivo em comum, em um movimento único no mundo. Nem mesmo os melhores roteiristas poderiam escrever uma saída tão grandiosa para uma crise com tantos superlativos. O Festival De Volta Para o Cinema é o maior festival de cinema do mundo e coroa o trabalho de centenas de profissionais que amam o cinema. Assim como todo fã lembra da primeira vez que foi ao cinema, seguramente a primeira sessão da retomada será uma recordação pra toda vida.”
Vinícius Pagin, diretor de Programação da Cinemark

PARA MAIS INFORMAÇÕES:
Bruna Mascarenhas - marketing@topaziocinemas.com.br
Cláudia Belém - claudia.belem@atomicalab.com.br
Denise Novais - Denise.Novais@warnerbros.com
Giuliana Garboggini- giuliana.garboggini@ingresso.com
Janis Alencar - janis.alencar@atomicalab.com.br
Jéssica Quinalha - Jessica.Quinalha@nbcuni.com
João Beltrão - Joao_Beltrao@paramount.com
Leandro Pinto - Leandro.Pinto@warnerbros.com
Marione Tomazoni - mtomazoni@agenciatzm.com.br
Regina Buffolo - Regina_Buffolo@spe.sony.com

segunda-feira, 6 de julho de 2020

Associacão das Empresas de Serviços Contábeis de Indaiatuba

 Tratto Invest e a AESCI - Associação das Empresas de Serviços Contábeis de Indaiatuba acabam de fechar uma parceria que promete ajudar você, contabilista, a ir ainda mais além nos seus investimentos!

Com a ajuda da Tratto, você terá informações sobre o mercado financeiro, dicas de investimentos e muito mais!

E se você ainda não é um associado da AESCI, esse é mais um excelente motivo para fazer parte da nossa associação!

Polo Shopping anuncia suspensão de atividades não-essenciais

Atendendo às recomendações das autoridades, o Polo Shopping Indaiatuba suspenderá temporariamente as atividades não-essenciais a partir de hoje, segunda-feira (06). O governo estadual reclassificou a região de Campinas na Fase 1 do Plano São Paulo, dessa forma, apenas os comércios considerados indispensáveis ao atendimento das necessidades da população poderão manter o atendimento presencial na região, que inclui Indaiatuba. Demais lojas permanecerão fechadas por quinze dias ou até que a reabertura seja novamente autorizada pelo governo. 

Permanecem abertas as atividades essenciais que ficam na parte externa do Polo Shopping, como o Tenda Atacado (de segunda a sábado, das 7h às 21h, e aos domingos, das 8h às 18h), a Petz (todos os dias de 12h às 20h), o Banco Bradesco ( de segunda a sexta, das 14h às 18h)  e a Polo Loterias (de segunda a sábado, das 13h às 19h). Lojas essenciais localizadas na parte interna do Shopping, como casa de câmbio, farmácias e óticas, vão continuar atendendo seus clientes somente com hora marcada, de segunda a domingo, das 12h às 18h. 

Para atender os clientes que optarem por consumir os produtos em casa, os restaurantes continuam com o sistema de delivery todos os dias das 11h30 às 20h. Várias lojas também continuam realizando drive thru, de 12h às 18h todos os dias, no estacionamento do Shopping. 

Serviços de Drive-Thru e Delivery

No sistema Drive-Thru, a escolha dos produtos e o pagamento acontecem de forma virtual, por meio do WhatsApp ou pelo site de algumas lojas que contam com esse recurso. A entrega é realizada no estacionamento, com horário agendado, das 12h às 18h. O cliente recebe o produto sem sair do carro e não há cobrança de estacionamento. 

No Delivery, restrito à área de alimentação, o cliente pode fazer os pedidos nos principais aplicativos de entrega de alimentos e receber os produtos em casa. O serviço funciona de segunda a domingo, na faixa de horário de 11h30 às 20h, conforme disponibilidade de cada restaurante.

Para consultar as lojas que disponibilizam esses serviços, basta acessar o site do Polo Shopping Indaiatuba: http://www.poloshoppingindaiatuba.com.br/

Operações em funcionamento no Polo Shopping Indaiatuba
Serviços essenciais: 
Tenda Atacado: de segunda a sábado, das 7h às 21h, e aos domingos, das 8h às 18h.
Petz: de segunda a sábado, das 12h às 20h, e aos domingos das 14h às 20h.
Banco Bradesco: de segunda a sexta, das 14h às 18h.
Polo Loterias: de segunda a sábado, das 13h às 19h.
Farmácia, Casa de Câmbio, Óticas: de segunda a domingo, de 12h às 18h, com agendamento.
Drive-Thru: das 12h às 18h, de segunda a domingo. 
Delivery: entre 11h30 e 20h, de segunda a domingo, conforme disponibilidade de cada restaurante.
Local: Polo Shopping Indaiatuba - Alameda Filtros Mann, 670, Indaiatuba-SP

sábado, 4 de julho de 2020

ACIC teme pela saúde financeira das empresas

ACIC - Associação Comercial e Industrial de Campinas
Fechado há mais de 15 dias, o comércio varejista de Campinas permanecerá funcionando apenas com vendas online e entregas por drive-thru. A presidente da instituição, Adriana Flosi, teme que muitos empresários não consigam pagar a folha na segunda-feira, ou mesmo manter os seus negócios
Com o comércio em Campinas fechado por tempo indeterminado devido a classificação da cidade na “Fase Vermelha”, a presidente da entidade, Adriana Flosi, lembra que os empresários terão dificuldades de  honrar compromissos, inclusive com a folha de pagamento que vence na próxima segunda-feira. “Recebemos com muita tristeza e preocupação a notícia de que Campinas foi classificada na fase vermelha porque o comercio já está fechado há 15 dias. Segunda-feira é dia de pagamento e não sabemos quantas empresas conseguirão pagar seus empregados e manter-se em funcionamento. Precisamos, sim, considerar, em primeiro lugar a saúde das pessoas. Por isso, faço um apelo à população para que esteja atenta e faça a sua parte, poque, para sair dessa situação vamos precisar da colaborar de todos”, diz Adriana Flosi, presidente da Associação Comercial e Industrial de Campinas. 
De acordo com Adriana, nessa próxima semana a entidade estará voltada a continuar capacitando seus associados por meio de eventos pela internet e discutindo de como que forma o comércio pode ser até melhor estruturado para garantir ainda mais ações de segurança. Na  avaliação feita pela ACIC com base nas informações da Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp), no período de janeiro a junho de 2020 foram encerradas 1.486 empresas apenas em Campinas e 3.751 na RMC.
                                               
Ações constantes
A presidente da Associação Comercial e Industrial de Campinas (ACIC), Adriana Flosi, não tem medido esforços para garantir que as empresas possam superar essa crise e, consequentemente, preservar os empregos. Na manhã de ontem, sexta-feira, 03 de junho, por telefone, ela solicitou à secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, Patricia Ellen, que o Estado passasse a região de Campinas para a “Fase Amarela” para que o comércio pudesse abrir, à partir de segunda-feira, dia 6, por 6 horas, com 40% do atendimento, incluindo cabeleireiros, restaurantes, bares e academias.
A pauta foi retomada no final da tarde, em uma reunião online com a secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo de Campinas, Alexandra Caprioli e representantes da ACIC e de outras entidades representativas dos setores produtivos de Campinas e comerciantes. “Não tem sentido a cidade de São Paulo passar para a “Fase Amarela” e, Campinas, ser rebaixada para a “Vermelha”. Os empresários não aguentam mais e essa situação. Não tem como manter os empregos se não reabrir o comércio. Não há dinheiro. O dinheiro do Pronampe não chega. Estamos todos preocupados e não temos como suportar mais”, diz.
A videoconferência contou com a participação de 95 lojistas que contribuíram com sugestões, que vão desde a ampliação do horário do comércio, por considerar ser justamente o horário reduzido que provoca as aglomerações, alterações de pontos de parada do transporte coletivo, instalação de túneis de desinfeção na Rua 13 de Maio e realização de desinfecção dos locais de maior movimento. Adriana também deixou clara a posição da ACIC de não aceitar o tratamento diferenciado para comerciantes de shoppings e de rua. As normas devem ser iguais para todos, inclusive com rigor na fiscalização daqueles que estão abertos, infringindo o decreto e desrespeitando e prejudicando os lojistas que fazem tudo certo e acabam sendo os mais penalizados. Alexandra Caprioli, na qualidade de interlocutora da Prefeitura de Campinas, garantiu que encaminhará faz sugestões para a análise da administração pública e que continuará em contato com as entidades representativas dos empresários para discutir e tentar atender os seus pleitos.
Mais leitos
A presidente da ACIC ainda sugeriu que a estrutura do Hospital Albert Einstein, instalado no Pacaembu seja trazida para Campinas, para atender à demanda da região, considerando que é ela quem está impactando na ocupação dos leitos na cidade. “Desafoga a pressão no número de leitos e o comércio pode reabrir”, opinaEla citou o exemplo de uma das unidades de saúde estadual, em Campinas cujos 26 leitos de UTI COVID estão ocupados, mas, dos quais apenas três leitos por pessoas da cidade e, o restante, por pacientes de municípios vizinhos. “Então, não dá para o comércio das cidades do nosso entorno estar aberto, produzindo doentes, e mandando os pacientes para cá e Campinas ser obrigada a permanecer com o comércio fechado. Isso está errado e não é justo com a nossa cidade”, comenta Adriana.

quinta-feira, 2 de julho de 2020

ACIC oferece programa de formação de gestores 100% online

ACIC - Associação Comercial e Industrial de Campinas
 Com o objetivo de proporcionar uma visão global e imediata dos novos desafios impostos pela pandemia do coronavrus, a edição 2020 do "PFG" ganhou formato mais flexível e acessível a um maior número de pessoas em cargos de liderança, em especial àquelas que gerenciam negócios de pequeno e médio portes. Em menos de 50 dias de conteúdos, os participantes terão condições de aplicar no seu negócio tudo que aprenderam para a sobrevivência das empresas no "novo normal".
Se, em “tempos normais”, 7% das pequenas empresas fecham por falta de lucro, 20% por falta de capital e quase 50% dos empresários não sabem se têm lucro ou prejuízo, conforme dados do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), no atual cenário, uma gestão eficiente torna-se ainda mais imprescindível para a sobrevivência dos negócios e a consequente manutenção dos empregos. A pandemia do coronavírus impôs mudanças drásticas no ambiente corporativo e obrigou os líderes a tomarem decisões rapidamente e a adotarem soluções inovadoras para manter a empresa no mercado.
Os desafios aumentam em se tratando de pequenos negócios nos quais, muitas vezes, o próprio dono executa diferentes funções dentro da empresa. Para ajudar essas pessoas, nesse momento de transição e incertezas, a Associação Comercial e Industrial de Campinas (ACIC) reformulou o seu Programa de Formação de Gestores, que passa a ser 100% online. A edição 2020 do PFG tem início em 7 de junho e segue até 27 de agosto. Informações e inscrições pelo site www.acicampinas.com.br, e-mail: atendimento@acicampinas.com.br e telefones: 19 2104-9200 e 19.99607-7604.
Sobre o PFG
Criado em 2013, o PFG já proporcionou cerca de 700 horas de conteúdos. Seu principal diferencial é a capacitação de profissionais e empreendedores de empresas de varejo e serviços, de forma objetiva e em curto espaço de tempo, em menos de dois meses. Com carga horária de 48 horas, dividida em cinco módulos e duas aulas semanais, com a interação de professores das principais escolas de negócios e universidades do país, a edição 2020 do PFG oferecerá aos alunos orientações sobre temas como liderança, engajamento de equipe, administração, finanças, marketing, vendas, habilidades interpessoais e inovação, para que eles  possam aplicar imediatamente no seu negócio tudo o que aprenderam.
A modalidade de trabalho em home office e as vendas online, que foram as opções para muitas empresas sobreviverem nesse período em que os comércios, de diferentes segmentos e portes, permaneceram fechados, geraram novos desafios para os gestores. Como motivar a equipe a distância e dimensionar produtividade? Quais as ferramentas acessíveis para uma gestão completa e mais eficiente, adequada a cada modelo de negócio? Como reduzir custos, manter o fluxo de caixa e controlar o estoque, estando fora do estabelecimento? Quais as estratégias de marketing de vendas a serem adotadas nesse momento em que os consumidores mudaram o seu hábito de consumo? Essas são algumas das dificuldades enfrentadas pelos empreendedores.
Necessidades
“Nos últimos meses, abordamos alguns dos temas do programa em artigos e lives gratuitas e abertas ao público. Por meio do canal ‘AcicComVocê’, criado no início da quarentena, foi possível sentir as principais ‘dores’ dos empreendedores. Entre 4 de março a 16 de junho deste ano registramos um aumento de 9% no número de interessados nos conteúdos do PFG, se comparado ao mesmo período de 2019.”, informa a presidente da ACIC, Adriana Flosi. De acordo com ela, boa parte dos interessados não possui uma graduação, são aqueles que empreendem ‘na raça’, mas há também pessoas de mais idade, que estudaram e acabaram por ficar muito tempo paradas e, agora, buscam se aperfeiçoar para dar conta das demandas no ‘novo normal’.
É o caso da empresária Edna Farias Alexandre, de 60 anos. Há 24 anos, ela e o marido resolveram empreender ‘na raça’, em uma empresa de varejo que também oferece serviços, a Via Filtros e Sistemas Filtrantes, em Campinas. Como muitos empresários, ela enfrentou dificuldades devido à pandemia e resolveu se qualificar para conhecer as tendências e os recursos disponíveis para buscar novos clientes e fortalecer a marca em seu mercado de atuação.
 “Muitos dos produtos que usamos são importados e, com alta do dólar, nos deparamos com uma situação difícil porque não dá para repassar ao cliente. Nós obtivemos recurso junto à Caixa, por meio do Sebrae, no entanto, muitas empresas descobriram os canais de vendas online - recursos que já utilizamos - e essa facilidade do digital fez acirrar a concorrência. A nossa perspectiva é de que a concorrência triplique daqui para a frente. Então, mesmo não tendo registrado queda brusca nas vendas, em maio, nós queremos sair na frente para encontrar novas formas de captar e fidelizar clientes, bem como para nos sobressairmos no mercado”, diz Edna. 
Ter somente o ensino médio não é empecilho para a empreendedora, que faz cursos de capacitação, inclusive vários da ACIC, sempre que pode. Além de responder pelo departamento financeiro da empresa, Edna atualmente faz a administração geral, já que sua filha, responsável por esta área, está em licença-maternidade. “Será a primeira vez que participarei do Programa de Formação de Gestores. O novo formato, online, facilitará o acesso, principalmente para quem, como eu, não tem muito tempo disponível e precisa manter-se atualizado.”, afirma Edna Farias Alexandre.
Inovação
“O efeito coronavírus escancarou a necessidade da implantação de uma cultura de inovação nas empresas. Não é preciso dominar as tecnologias, mas é preciso saber que várias delas podem ajudar a otimizar os processos da empresa. Os impactos causados pela pandemia aceleraram a adoção compulsória da tecnologia e da digitalização, como mostra um estudo da Deloitte. Antes da crise, 53% das empresas apresentavam preparação de infraestrutura para acesso remoto. Após a decretação da pandemia, 96% das empresas afirmaram que adotaram ou adotarão tecnologias e digitalização, no período de até 100 dias. Trinta e oito por cento das empresas contavam com preparação e infraestrutura de navegação para novos padrões de tráfego. Posteriormente, esse número subiu para 88%, em até 100 dias. Já quando o assunto é integração tecnológica e de sistemas com fornecedores, antes da pandemia a taxa era de 46% dos negócios e, depois, passou para 63%, também dentro do mesmo prazo de 100 dias.”, explica Adriana Flosi.
Para Adriana, da ACIC, fica claro que, nesse novo cenário, a tecnologia ocupa lugar de destaque, porém, o profissional do futuro – em especial o líder – será àquele capaz de adaptar-se e de ressignificar o seu negócio. “Um estudo do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) aponta que aproximadamente 600 mil micro e pequenas empresas fecharam as portas e 9 milhões de funcionários foram demitidos em razão dos efeitos econômicos da pandemia do novo coronavírus. Nosso intuito, ao elaborar os conteúdos do Programa de Formação de Gestores 2020, é auxiliar os gestores a manterem a sua empresa durante e pós-pandemia, para que eles possam manter a geração de empregos e para não venham a fazer parte dessa triste estatística”, conclui a presidente da Associação.
Julho terá palestras e oportunidades para aumentar a rede de contatos
A Associação Comercial e Industrial de Campinas (ACIC) preparou nove atividades online para o mês de julho, destinados a proporcionar conteúdos práticos e imprescindíveis para os empreendedores enfrentarem a crise. Na programação há vídeo voltado ao desenvolvimento pessoal e lives com convidados, referências em suas respectivas áreas de atuação. As atrações são gratuitas e ocorrem sempre às 11h, com transmissão pela página da ACIC no Facebook e com mediação da presidente da entidade, Adriana Flosi.
Na agenda deste mês estarão também quatro encontros do programa AC Networking (dias 6, 13, 20 e 27). Com início às 8 horas, esses grupos online serão oportunidades para associados e convidados aumentarem a rede de contatos e prospectarem novos negócios. Para participar das atividades realizadas pela ACIC é necessário fazer a inscrição pelo site https://www.sympla.com.br/acicampinas
O primeiro evento ‘Estratégias de vendas para faturar hoje’, será na sexta-feira, 3, com a participação de Caio Camargo, sócio-diretor da GS&UP, unidade de negócios do Grupo Gouvêa de Souza e considerado o melhor palestrante de varejo do Brasil. O especialista abordará as técnicas de vendas que geram resultados durante a pandemia, com dicas sobre como utilizar todos os recursos de uma empresa para aumentar as vendas, como utilizar a equipe para gerar resultados mesmo com as lojas fechadas, e maneiras de dar os primeiros passos para manter um relacionamento ativo com o cliente.
Na terça-feira, 7, o CEO da startup MarketUp, Carlos Azevedo apresentará a live ‘O futuro do varejo: digitalizando seu negócio com eficiência e rapidez’. O objetivo é desmitificar a transformação digital, algo que parece distante para muitos empreendedores. Azevedo mostrará como é possível atender principalmente os pequenos e médios negócios, com apoio de empresas que já possuem plataformas completas e que não exigem nenhum investimento.  Melhorar a gestão do estoque, o controle financeiro e criar um site de comércio eletrônico de maneira rápida, fácil e gratuita serão alguns dos assuntos debatidos.
Já a sexta-feira, 10, será destinada à apresentação do vídeo ‘A causa - Como converter suas emoções e Criar uma mente à prova de crise’, como parte da campanha ‘#ACICcomVoce’. O conteúdo é voltado a uma das ferramentas mais poderosas quando os assuntos são empreendedorismo, gestão, liderança e vendas - a mentalidade (mindset). Na segunda-feira, 20, a live será com o CEO da DWZ, consultor e conselheiro de marcas relevantes no mercado nacional, Tiago Mello. Especialista em varejo e em modelo de negócios inovadores, Mello falará sobre ‘Disrupção em tempos de pandemia’. Para encerrar a programação de julho, na quinta-feira, 23, será realizada uma live com conteúdo voltado à área contábil.

sábado, 27 de junho de 2020

ACIC pede maior rigor na fiscalização para a retomada mais rápida da abertura do comércio

A Associação Comercial e Industrial de Campinas (ACIC) lamenta a necessidade de permanência do fechamento do comércio de rua e de shoppings até o dia 5 de julho, com exceção das vendas online e por drive-thru, e apoia a intensificação da fiscalização para a verificação daqueles que não respeitam o decreto municipal.


“Uma vez que existe a determinação, é necessário que todos a cumpram para que Campinas possa voltar à ‘Fase Laranja’ e avançar para a ‘Fase Amarela’ o mais rapidamente possível. No entanto, se não houver uma efetiva fiscalização para coibir as desobediências às normas, os comerciantes que seguem devidamente as regras acabam sendo os mais prejudicados. Essa reivindicação de uma fiscalização mais efetiva foi, justamente, a pauta de uma reunião que tive hoje (sexta, 26 de junho), na Setec (Serviços Técnicos Gerais).”, diz Adriana Flosi, presidente da ACIC.
Adriana lembra que o próprio prefeito destacou hoje (sexta, 26 de junho) em sua live no Facebook que, além da fiscalização faltou a colaboração de muito, como os informais, que continuaram funcionando normalmente, assim como grande parte de lojas da periferia onde até bares permaneceram abertos.
“Eu passei a semana levantando esse assunto, pois não é justo que os comerciantes honestos, que estão fazendo tudo certo e seguindo a lei, estejam com seus estabelecimentos fechados enquanto tantos outros permaneçam abertos como se nada estivesse acontecendo. Se todos tivessem respeitado o decreto, provavelmente não estaríamos nessa situação de continuar fechados enquanto que até a capital já está passando para a ‘Fase Amarela’, que permite a abertura, com restrição, de bares, restaurantes e cabeleireiros”, lamenta.
Loja+Segura
A ACIC continua realizando diversas iniciativas para apoiar as empresas nesse momento e fazendo o seu papel de orientar os comerciantes sobre a necessidade de usar as melhores práticas recomendadas pela organização Mundial da Saúde (OMS) para a prevenção e contenção da pandemia, preservando o direito ao trabalho de todos, além de permitir que o cliente perceba claramente este cuidado e sinta-se seguro em frequentar o estabelecimento.
A ACIC apoia, por exemplo, o projeto Loja + Segura, uma iniciativa da Associação Brasileira da Indústria de Equipamentos e Serviços para o Varejo (Abiesv) que, de forma clara, aborda as medidas que devem ser tomadas em relação aos gestores, funcionários, clientes e ao ambiente.

“São orientações sobre como controlar por meio de checagens periódicas e como comunicar ao cliente, demonstrando com clareza o cuidado tomado. O selo de Loja + Segura pode ser colocado na vitrine, atestando que aquele estabelecimento está seguindo um protocolo, pois se importa com a saúde de sua equipe e dos clientes”, afirma Adriana.
Não basta disponibilizar álcool em gel e sinalizar distância. O processo é complexo e, para os gestores de lojas, por exemplo, a cartilha traz 33 orientações, divididas em gestão geral (oito tópicos), para relação a terceirizados e entregadores (quatro), para os casos de pessoas suspeitas de infecção pela Covid-19 (seis), e para providências no ambiente (nove medidas). Entre elas, estão a proposta para a criação de horário para atendimento de grupos de risco, o estímulo ao trabalho em horários alternativos, em escala, e a determinação da quantidade de clientes que poderão ser atendidos simultaneamente.
Para os funcionários são 10 medidas, que vão além da higienização frequente das mãos e objetos tocados com frequência. Entre os exemplos, estão: evitar os cumprimentos com aperto de mãos ou beijos; trocar da máscara de proteção a cada 4 horas e realizar reuniões necessárias apenas em ambientes bem arejados ou ao ar livre. A cartilha pode ser baixada pelo site: https://www.acicampinas.com.br/blogs:cartilha-do-projeto-loja---segura-
Consumidores
Além de orientar as empresas do comércio, a ACIC também elaborou um guia para estimular as boas práticas de compras por parte da população, seja na loja presencial, tão logo retornem a abrir, ou na modalidade drive thru, com a finalidade de criar um movimento de conscientização de clientes, familiares e amigos. “Essas orientações já foram colocadas em prática porque precisamos do engajamento de todos. A ACIC, os comércios, os funcionários, a população, todos devem ser multiplicadores das normas de segurança e distanciamento vigentes.”, diz Adriana Flosi.
Entre as dicas de boas práticas para compras seguras então: evitar sair acompanhado; planejar as compras com antecedência para ficar menos tempo na rua; ser solidário e oferecer-se para fazer as compras necessárias para pessoas que estão no grupo de risco, como idosos; se possível, utilizar meios de transporte alternativo e não o público; sempre utilizar máscara; manter sempre em mãos o álcool em gel (70%) para higienização de todos os seus objetos; manter a distância de outras pessoas e optar por lugares mais vazios; seguir todas as orientações de segurança das lojas.

sexta-feira, 26 de junho de 2020

Drive Thru e Delivery do Polo Shopping Indaiatuba são opções para quem quer garantir suas compras em horário alternativo

Entrega de produtos no estacionamento, no serviço Drive Thru (Créditos: Fernando Loggar)

Os serviços de entrega Drive Thru e Delivery implantados pelo Polo Shopping Indaiatuba estão ajudando os consumidores a garantirem suas compras de maneira segura e em horário ampliado. Os clientes podem realizar os pedidos no conforto de suas casas e retirar as mercadorias com segurança no estacionamento, sem a necessidade de sair do veículo, ou receber o produto em casa, no caso de pedidos de alimentação. 

“A procura pelos serviços de Drive Thru e Delivery está aumentando em virtude das alterações nos horários de funcionamento do Shopping e também pela busca de comodidade e segurança”, explica Andréa Fernandes, gerente de Marketing do Polo Shopping Indaiatuba.


No sistema Drive Thru, a escolha dos produtos e o pagamento acontecem de forma virtual, por meio do WhatsApp ou pelo site de alguma lojas que contam com esse recurso. A entrega é realizada no estacionamento, com horário agendado, das 12h às 18h. Todos os funcionários utilizam máscaras e os produtos são higienizados antes da entrega ao cliente. Vários segmentos participam da ação, como vestuário, acessórios, óticas, presentes, chocolates, produtos esportivos, telefonia, agência de viagens e drogaria. 

Para o sistema de Delivery, restrito à área de alimentação, o cliente pode fazer os pedidos nos principais aplicativos de entrega de alimentos e receber os produtos em casa. Os horários variam de acordo com o restaurante, na faixa entre 11h e 21h30, cobrindo o almoço e o jantar. A vantagem desse sistema é o horário ampliado em relação ao período de retirada no balcão dos restaurantes, que é de 14h às 18h. 


Lojas participantes do sistema Drive Thru:

PRESENTES
Speciale - (19) 9 8770-9505 – Mensagem direta: https://is.gd/y4YiF4   
PERFUMES
Perfil Perfumes - 19 99819-8800 – Mensagem direta: https://is.gd/v3450G
CALÇADOS FEMININOS
Clube Melissa – (19) 9 7103-1246 - Mensagem direta: https://is.gd/8pMYKw   
ROUPAS E EQUIPAMENTOS ESPORTIVOS
Centauro - 19 99183-8619 - Mensagem direta: https://is.gd/d9lXHV
ROUPAS UNISSEX
TNG - (19) 99976-2085 - Mensagem direta: https://is.gd/qZdK64
Polo Wear – (19) 99112-3279 - Mensagem direta: https://is.gd/rSKsft
YouCom - (11) 93094 3404 - Mensagem direta: https://is.gd/CTKNOJ
Hering Store – (19) 98607-6707 - Mensagem direta: https://is.gd/YYjIHy
Scaranza – (19) 97410-2984 - Mensagem direta: https://is.gd/oP144P
C&A – (19) 98737-4511 - Mensagem direta: https://is.gd/RJKDLo
Renner - compre pelo site https://www.lojasrenner.com.br/ e retire na loja com horário agendado
CALÇADOS UNISSEX
World Tennis - (19) 9 9530-4645 - Mensagem direta: https://is.gd/hZrsjE   
MODA ÍNTIMA
Lupo – (19) 98442-2693 – Mensagem direta: https://is.gd/akBVUo   
ACESSÓRIOS E BOLSAS
Star Gold - (19) 9 9747-0860 - Mensagem direta: https://is.gd/faNMUm
Star Bijoux - (19) 9 9747-0860 - Mensagem direta: https://is.gd/faNMUm
ÓCULOS
Óticas Ipanema – (19) 9 9871-5072 - Mensagem direta: https://is.gd/kUADFM   
Triton - (19) 3935-1512 - Mensagem direta: https://is.gd/jIjIhc
Life Óptica - (19) 99717-9776 - Mensagem direta: https://is.gd/4ldVEQ
ACESSÓRIOS PARA TELEFONES
Ideal Case - (19) 9 9873-5623 - Contato direto: https://is.gd/boDkLr
TELEFONES E ACESSÓRIOS APPLE
IPlace - (19) 99418-9486 - Mensagem direta: https://is.gd/OtdvdX   
TELEFONES SAMSUNG
Samsung - (19) 19 8963-5204 - Mensagem direta: https://is.gd/pWBiYC
TELEFONIA
Claro - (19) 9 9108 8102 - Mensagem direta: https://is.gd/lvXsxI   
CHOCOLATES
Cacau Show - (19) 9 9836-3830 - Mensagem direta: https://is.gd/b3lMGj   
VESTUÁRIO INFANTIL
Hering Kids – (19) 9 9626-8383 - Mensagem direta: https://is.gd/BY4vUK    
Kidstok – (19) 99902-5988 - Mensagem direta: https://is.gd/77epjv
DECORAÇÃO 
Loggar – (19) 99273-5415 - Mensagem direta: https://is.gd/rsiCet
VIAGENS
CVC – (19) 97144-504 - Mensagem direta: https://is.gd/9Hb0iq
DROGARIA
Drogasil – (19) 9 71532165 - Mensagem direta: https://is.gd/j6PqAb


Alimentação
A área de alimentação permanece com funcionamento restrito, apenas para retirada no balcão de 14h às 18h ou delivery em horário ampliado, do almoço ao jantar, conforme a disponibilidade de cada restaurante. 


Restaurantes participantes:

KFC (frango frito e lanches) - Uber Eats - 12h às 20h40 - https://is.gd/Q0in5V
Giraffas (comida brasileira) - Ifood - 12h às 20h - https://is.gd/c9lsnh
Madero (hamburger) - Ifood - 11h30 às 20h - https://is.gd/ojgTvn
Spoleto (comida italiana) - Ifood - 11h às 20h30 -  https://is.gd/6EiLDt
Camarão e Cia (frutos do mar) - Ifood - Seg a Sáb 11h às 20h e Dom 11h às 17h - https://is.gd/MqCNEH
Sucão (comida saudável) - Ifood - 11h às 21h30 - https://is.gd/aePjTY
Bob´s (lanches) - Ifood - 11h às 19h - https://is.gd/4aq6W1
MC Donald´s (lanches) - Ifood - 13h às 18h - https://is.gd/bboiia
La Panqueca (comida brasileira) - Ifood - 11h às 20h30 - https://is.gd/6dOx4Z
Delícias da Manu (cafeteria) - apenas retirada no balcão de 14h às 18h. 
Sterna Café (cafeteria) - apenas retirada no balcão de 14h às 18h. 
Retirada de alimentos no balcão dos restaurantes (Créditos: Fernando Loggar)

Horário de funcionamento Drive-Thru: das 12h às 18h, de segunda a domingo.
Horário de funcionamento Delivery: entre 11h e 21h30, de segunda a domingo, conforme disponibilidade de cada restaurante.
Horário de funcionamento Polo Shopping Indaiatuba: 14h às 18h, de segunda a domingo.
Local: Polo Shopping Indaiatuba - Alameda Filtros Mann, 670, Indaiatuba-SP


Imagem2.png
Facebook: fb.com/poloindaiatuba | Twitter: @poloindaiatuba | Instagram: @poloindaiatuba