Aqui Portal para a Revista

Aqui Portal para a Revista
CIKE NA IMAGEM ACIMA PARA IR PARA A REVISTA

sábado, 19 de agosto de 2017

“Porco na Fornalha da Maria Fumaça” vira atração anual e aberta ao público

fotos: Arian Carneiro de Mendonça
A tradição gastronômica de ferroviários da região de Campinas agora pode ser revivida por qualquer pessoa. É que o Festival Gastronômico Sabores da Terra realizará, no dia 7 de outubro, um passeio na Maria Fumaça que partirá da Estação Anhumas com destino a Estação Tanquinho, onde será preparado o Porco na Fornalha do trem para ser servido aos passageiros. 
Os participantes ainda contarão com outras atrações durante as horas de passeio, como a Feirinha de Produtores na plataforma, uma atração musical surpresa que com certeza vai agradar os participantes e o Beer Truck da Cervejaria Landel, cerveja artesanal oficial do Sabores da Terra desde a primeira edição. 
O passeio contará com dois horários para retorno, permitindo maior comodidade para os turistas. Os ingressos são limitados e já estão à venda no site do Festival Gastronômico Itinerante Sabores da Terra www.festivalsaboresdaterra.com.br.
Esse é o primeiro evento aberto ao público e deve ser realizado ao menos uma vez por ano. Crianças até 5 anos viajando no colo da mãe não pagam. O primeiro lote, com desconto está disponível para compra até dia 30 de agosto.  
Como tudo começou
A ideia de reproduzir um costume de ferroviários surgiu durante a terceira edição do Festival Gastronômico Itinerante Sabores da Terra na cidade de Jaguariúna. Foi quando o time de organizadores teve acesso a uma informação que mais tarde se transformaria neste resgate histórico memorável. 
Em uma das reuniões, um dedicado aluno de gastronomia chamado Vitor Spaletta, filho do sócio número 2 da ABPF – Associação Brasileira de Preservação Ferroviária, Sr. Juarez Spaletta, contou que o pai e seus companheiros de trabalho da Mogiana, costumavam pernoitar na estação de Carlos Gomes que ficava longe de tudo. Em uma dessas pernoites, um funcionário teve a ideia de trazer um pedaço de porco já temperado para garantir a refeição do grupo e assar o mesmo aproveitando o calor da caldeira da Maria Fumaça.
A história emocionou os organizadores que de imediato trataram de falar com o pai do jovem, pedir autorizações e fazer parcerias para reviver o feito que não se repetia há 40 anos. Em um evento fechado para jornalistas, convidados e formadores de opinião, o passeio percorreu os trilhos da antiga Mogiana, saindo da Estação Anhumas para um almoço completo com direito a um delicioso almoço que incluiu porchettas crispadas na fornalha da locomotiva, tudo preparado pelo chef Erick Alsaro, que também será o comandante da edição aberta. Além do almoço, cerveja artesanal, música boa (inclusive durante o passeio), drinks e muita prosa para reviver a época, tornaram esse dia inesquecível.  
"Queremos que mais pessoas possam vivenciar essa experiência e ter a oportunidade de experimentar uma comida de raiz, preparada de um jeito único. O porco na fornalha do trem não se repetia há 40 anos. Foi um resgate cultural único. Não pode ficar apenas na memória afetiva desse grupo que participou do evento. É preciso ampliar a participação, para que muitos outros tenham esse privilégio. Só assim poderemos preservar a história”, pontua Renata Tannuri Meneghetti, idealizadora do festival e proprietária da Elo Produções.   
 “O trem evoca o lado lúdico das pessoas. Não tem quem não se emocione e não volte à infância ao lado de uma locomotiva de mais de 100 anos de idade. Esse nível de conexão emocional é o máximo que um chef busca ao elaborar um prato. Por que não unir os dois aspectos e proporcionar uma viagem inesquecível?", indaga Arian Carneiro de Mendonça, co-realizador do evento. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário