Aqui Portal para a Revista

Aqui Portal para a Revista
CIKE NA IMAGEM ACIMA PARA IR PARA A REVISTA

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

PREFEITURA E ESCOTEIRO INDAIÁ FAZEM PARCERIA PARA DIVULGAR CAMPANHA “NÃO DÊ ESMOLAS”

Objetivo é conscientizar a sociedade que o ato de dar esmola é prejudicial

A Prefeitura e o Grupo Escoteiro Indaiá firmam parceria para intensificar a divulgação da campanha “Não dê Esmolas”. No sábado (12) a Diretora de Proteção Social Especial, Sandra Maria de Moraes e a Assistente Social, Antônia Aparecida Canotel, da Semfabes (Secretaria Municipal da Família e bem Estar Social) fizeram uma reunião com os integrantes do Grupo Escoteiro Indaiá para apresentar as campanhas e os trabalhos que o município oferece para atender as pessoas em situação de risco social. 
O objetivo principal da palestra foi o de informar e esclarecer as dúvidas para o grupo que ajudará no trabalho de conscientização e sensibilização da sociedade que o ato de dar esmolas, embora pareça nobre, prejudica muito o trabalho de convencer o morador de rua a sair desta situação. “O bate-papo que tivemos com as crianças e adolescentes foi muito proveitoso, pois mostramos a importância de convencer as pessoas que dar dinheiro, comida, cobertor, não ajuda aquela pessoa que está morando na rua, pelo contrário, esse ato ajuda que eles permaneçam nesta situação. Falamos que temos que informar a população que quando ver um morador de rua tem que ligar para o Creas (0800 772 772 1), que os assistentes sociais oferecerão todos os programas que temos para ressocialização destas pessoas. Para mim essa parceria será muito produtiva, pois o grupo se mostrou muito interessado e engajado pela causa”, comenta Sandra. 
O diretor-presidente do Grupo Escoteiro Indaiá, Paulo Vicente Penna, diz que se sente honrado em poder engajar os integrantes numa ação social tão importante para a cidade. “Estamos vendo uma data para reunir os ramos lobinhos (de 7 a 11 anos), escoteiros (de 11 a 15 anos), sênior (de 15 a 18 anos) e pioneiro (de 18 a 21 anos) para começar esse trabalho junto a sociedade. Sabemos que é um trabalho desafiador, pois temos que convencer as pessoas que a melhor maneira de ajudar o morador de rua é encaminha-lo para o órgão responsável, no caso o Creas, que oferece inúmeras oportunidades para ele sair desta situação”, diz Penna.
CREAS - CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL 
ENDREÇO: Serviço Especializado em Abordagem Social - CREAS
Rua: José Francisco Tuon, 121 – Bairro Santa Cruz.
Telefone: 0800 772 772 1

Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário